"Em comunicação não basta focar o destino é preciso observar a ponte" Carlos Parente (Obrigado! Van Gogh)

quarta-feira, 25 de março de 2009

Rede de Relacionamento

Rede de Relacionamento
Francisco de Assis dos Santos


Francisco de Assis dos SantosBacharel em Ciências Contábil e pós-graduado em Perícia Contábil. Contador titular do escritório individual: Contafas Consultoria e Assessoria Contábil. Perito Judicial com serviços prestados a justiça Federal, Justiça do Trabalho e Justiça Cível.


A rede de relacionamento é vital na vida profissional de qualquer pessoa, mas, sobretudo, na vida daquele que deseja ter uma boa clientela e formá-la ano a ano. Também é necessário ter esse tipo de interação para suas necessidades pessoais e profissionais, além de manter amizade com pessoas de seu nível social. É, portanto, preciso ter equilíbrio nos relacionamentos sociais, assim como saber tê-los e mantê-los.


Deve-se saber dosar bem a amizade com as pessoas e, principalmente, quando se trata de grupo de determinada classe social ou profissional. Há uma necessidade muito grande por parte do profissional liberal de se manter informado com a sua profissão; a partir daí a rede de relacionamento poderá auxiliá-lo. No entanto, não é somente colher informações, mas manter uma boa amizade por prazer e, como consequência, virá os frutos. Vale ressaltar que jamais se deve ter uma amizade por interesse pessoal ou profissional.


Toda amizade tende a contribuir de alguma forma para o ser humano, seja na vida pessoal ou profissional. Sabemos que ter amigos sempre foi bom e continuará sendo, pois, quem não precisa de um amigo para suas confidências? Segundo a psicologia um amigo sempre fez bem a qualquer pessoa. Para o profissional liberal a amizade pode fazer parte da rede de relacionamento e ser útil nas informações profissionais.


A rede de relacionamento está atrelada à amizade das pessoas e ao relacionamento pessoal do profissional, e que em decorrência surge necessidades a serem supridas por amigos. No caso da rede de relacionamento, é com ela que vamos contar para suprir as necessidades profissionais.
O profissional precisa se relacionar com as pessoas e fazer amigos em todos os setores da sociedade. Bom é quando se tem um amigo nos órgãos públicos e na sociedade de modo geral, pois quando se precisa de uma informação necessária às atividades profissionais, e as obtêm através de um amigo, com certeza a informação virá com maior velocidade, suprindo o que se precisa.

Assim sendo, há três tipos de amizades que podemos ter na rede de relacionamento e que podemos obter algum proveito como consequência:


1. Amizade pura - É o tipo de amizade que é feita por prazer e de maneira não planejada. Através desta amizade poderá gerar algum resultado profissional ou não, mas se não vier, não importa, o que interessa é a pessoa em si. É uma amizade que está vinculada ao coração do amigo ou da amiga e que um se dá ao outro por puro prazer na mais simples das amizades. Quando surge algo profissional neste tipo de amizade é surpreendente, pois tudo que suscita nela está atrelado ao respeito mútuo e vontade própria de cada um dos envolvidos, por isso é uma amizade pura.


2. Amizade por interesse - Este tipo de amizade é sempre planejada, pois está ligada a alguma coisa que já foi projetada antecipadamente, mas apesar disso, deve ser analisada e vista com bastante cuidado. É necessário ter muita atenção com esta amizade para não trazer prejuízos ao relacionamento das pessoas. Mas também poderá com o decorrer do tempo surgir uma amizade simples e diferente da que foi iniciada com base em algum tipo de interesse pessoal. Assim sendo, é o tipo de amizade que precisa ser vigiada com atenção. Mesmo assim precisamos mantê-la com sabedoria, pois se poderá obter alguma informação necessária.


3. Amizade profissional - É aquela amizade que se forma devido à vida profissional e o seu envolvimento geralmente é vinculado à profissão. Poderá com tempo se tornar em uma amizade mais íntima, isso depende do avanço no estreitamento dela. De qualquer forma é uma amizade importante no relacionamento profissional, embora não esteja longe de uma amizade pura.
Para rede de relacionamento devemos contar com todas as amizades de que dispomos no momento, mas, sobretudo, as que são de natureza profissional, pois delas virão às informações das quais precisamos. No entanto, há também as amizades que indiretamente influenciam na amizade profissional como, por exemplo: você conhece a sogra de seu amigo e que a mesma tem um parente que é secretário municipal ou um sobrinho que é diretor de um determinado órgão público. Então vejamos que uma amizade sem influência alguma na rede de relacionamento, mas que trouxe para você outros que irão contribuir.


Portanto, sejamos coerentes que nenhuma amizade poderá ser descartada, pois poderá ser útil na rede de relacionamento. Logo, ter amigos é sempre bom para qualquer pessoa, porque em decorrência da amizade pode vir coisas úteis e boas, mas é preciso saber dosá-las com toda sabedoria necessária para viver em sociedade. Por isso, continuemos a fazer amigos em todos os lugares por onde passamos, porque a marca pessoal de cada um, com certeza ficará nos amigos, vindo a repercussão daquilo que somos e fazemos na sociedade.


Precisamos de amizade para formar a rede de relacionamento, mas temos que ter equilíbrio, de forma que não podemos procurar amizades aleatoriamente, mas selecionarmos, de acordo com as nossas necessidades pessoais e profissionais. Todas as amizades, desde que selecionada, são úteis para nós, mas, sobretudo as de natureza profissional, isto é, aquela amizade que está dentro do circulo da profissão. Vale ressaltar que é necessário ter contato com os amigos, podendo ser por e-mail ou por telefone. Envie mensagem para as pessoas, informando que não se esqueceu de sua amizade.


Devemos manter a amizade nos três níveis, pois é através delas que formamos nossa rede de relacionamento, porém a amizade profissional é que deverá ter maior ênfase no aspecto profissional, tendo em vista as necessidades da profissão. Não devemos sair por aí escolhendo pessoas para serem amigos, mas à medida que a amizade surge devemos analisar qual é o tipo de amizade que se enquadra no nosso contexto profissional. Portanto fazer amigos é a parte importante da sociedade e que influenciam na vida dos profissionais liberais.


Podemos ter amigos dentro da própria clientela ou fazer amigos em diversos lugares como, por exemplo, no clube, na igreja, na vizinhança e também no meio familiar. Mas todo profissional liberal deve ter como regra fazer amigos em todos os lugares e nos diversos setores da sociedade, pois não se sabe o momento em que se irá precisar de um amigo e de sua utilidade na rede de relacionamento profissional.

texto do site www.rh.com.br

Nenhum comentário: