"Em comunicação não basta focar o destino é preciso observar a ponte" Carlos Parente (Obrigado! Van Gogh)

sábado, 4 de junho de 2011

O Barcelona também é ‘mais que um clube’ na Comunicação


Marcos Moura

Talvez o FC Barcelona seja o único do futebol mundial capaz de intitular-se corretamente ‘Més que um club’ (‘Mais que um clube’, em catalão). E são vários os motivos que nos levam a ter certeza de que o slogan utilizado pelos ‘blaugrana’, para se mostrar diferentes dos rivais, esteja correto: o clube é o maior divulgador da Catalunha, possui história e atuação democrática, tem mais de 170 mil sócios fiéis e nos últimos anos virou sinônimo de futebol-arte, como na conquista da Champions League 2011.

Esse espaço, no entanto, pretende analisar ‘apenas’ as ações de Comunicação no universo esportivo. Como se fosse possível dissociar essas ações de todo o resto. E no quesito ‘Comunicação’, o Barça é sem dúvida muito mais do que um clube. São incontáveis iniciativas de relacionamento com sócios, torcedores de todos os continentes e idades, veículos de comunicação e empresas. Confira abaixo, um pouco do que é feito a partir dos escritórios do Camp Nou, o espetacular estádio que recebe cerca de 80 mil pessoas em média por jogo.


Website


O site oficial em seis idiomas (Catalão, Castelhano, Inglês, Japonês, Chinês e Árabe) conecta o clube a todo o mundo. Essa afirmação pode ser considerada óbvia, mas não é. Muitas agremiações de futebol, nacionais e estrangeiras, negligenciam páginas e atuação em redes sociais digitais. O sítio barcelonista é completo e recebe cerca de 30 milhões de visitantes únicos a cada mês, segundo dados da consultoria Nielsen. No ar desde 1997, seu design não é lá essas coisas, mas é possível encontrar tudo com relativa facilidade: notícias atualizadas, não só de futebol, como de basquete, handebol, hóquei e futsal; muitas informações corporativas e principalmente o que interessa aos 173.071 sócios: ações de relacionamento que os aproximam do clube.


Relatório de Atividades

Nenhuma ação de Comunicação do Barcelona é tão impactante para um brasileiro como o Relatório de Atividades, que eles chamam de ‘Memória Anual’. Distribuído para sócios e patrocinadores, o documento, que em sua última edição teve 206 páginas, revela o balanço dos resultados esportivos e financeiros do clube na temporada recém-encerrada. Nele, é possível ver, por exemplo, que a dívida do clube com instituições financeiras saltou de 320 milhões de euros em junho de 2009, para 410 milhões em junho de 2010. Bom futebol é uma coisa cara. E quanto maior você é, mais você ganha e muito mais você gasta. Esconder os dados é que está errado. No site, é possível analisar todos os Relatórios editados desde 2002.


Presença digital

A conquista de três títulos da Champions League nos últimos seis anos e ter o argentino Lionel Messi no elenco dinamizam a atuação do Barcelona em redes sociais digitais. O Barcelona é líder mundial de fãs no Facebook entre os clubes de futebol. No início dessa semana, eram 15,8 milhões de pessoas ‘curtindo’ a página; tem três perfis no Twitter (@fcbarcelona, @fcbarcelona_es e @fcbarcelona_cat), que juntos possuem cerca de 2,2 milhões de seguidores; e seu canal no YouTube tem 84 mil inscritos e seus vídeos tiveram 4,6 milhões de visualizações desde 2006. Uma newsletter e o aplicativo para iPhone completam a atuação digital.


FCB Junior


É o espaço dedicado aos sócios e/ou torcedores mirins. O site próprio tem blog, jogos e notícias sobre ações específicas, como a próxima colônia de férias. O slogan não poderia ser mais apropriado: ‘Cresça com o Barça’.


Publicidade

O Barcelona possui sete patrocinadores oficiais: Nike, Qatar Foundation, Audi, La Caixa, Turkish Airlines, TV3 e Estrella Damm. A camisa do clube, porém, não é um outdoor ambulante, e só exibe duas marcas. Nessa temporada, no peito estava a da Unicef, instituição a qual o clube pagava 2 milhões de euros anuais, e a da Nike, fornecedora de material esportivo. A partir de julho, sai Unicef e entra a Qatar Foundation, primeiro patrocinador master da história barcelonista, que desembolsará 30 milhões de euros anuais até 2016, mais bônus por conquistas que podem chegar a outros 5 milhões por ano. Se fosse brasileiro, o Barça lotearia sua camisa como vimos alguns grandes clubes daqui fazendo nos últimos anos. Não sobraria espaço livre, nem nas axilas, nádegas e panturrilhas. Os patrocinadores no caso catalão exploram o estádio, as viagens do time, os painéis publicitários que aparecem na TV em cada entrevista e todas as ações de Comunicação descritas nesse texto.


TV e Rádio

A BarçaTV está no ar desde 1999. Sua programação de 24h dedicadas ao clube é gratuita para quem reside na Catalunha e pode ser comprada por assinatura mensal em outras partes da Espanha. As partidas da equipe principal de futebol são transmitidas via website pela R@dio Barça para todo o mundo em três idiomas: Catalão, Castelhano e Inglês. É uma grande experiência ouvir essa transmissão.


Veículos impressos

Além da ‘Memória Anual’, o Barcelona possui outros veículos de Comunicação impressos, como a ‘Revista Barça’ e o jornal ‘Barça Camp Nou’. A revista é bimestral, tem 68 páginas e é gratuita para todos os sócios que se inscrevem no site para recebê-la. Torcedores de todo o mundo também podem assiná-la, por 24 euros anuais. Na página do clube, podem ser vistas todas as edições da publicação, lançada em 2002. Os torcedores que vão ao Camp Nou nos jogos do time de futebol no Campeonato Espanhol recebem o jornal ‘Barça Camp Nou’, editado desde 2005, com 16 páginas e também disponível no site para consulta de todos os números. É o ‘Programa do Jogo’, uma tradição europeia e que começa a aparecer por aqui timidamente, como no caso do Botafogo, que edita o jornal ‘Preliminar’.


Museu, loja e eventos no Camp Nou


Além das partidas de futebol, o estádio Camp Nou é importante fonte de receita e ação de Comunicação do clube. No ‘Camp Nou Experience’ é possível fazer um tour completo por 13 setores pagando no máximo 19 euros. Sócios têm entrada gratuita. Reformado e agora multimídia, o museu é a principal atração e já recebeu cerca de 20 milhões de visitantes desde sua fundação em 1984. Atraiu em 2010, 1,3 milhão de pessoas, número semelhante ao do Museu Picasso, o mais visitado da cidade. A megaloja tem 3 mil artigos e é apenas um dos sete pontos comerciais do clube em Barcelona. Todos os produtos também podem ser comprados on-line. Além de futebol, história e compras, o estádio também oferece diversos espaços para eventos empresariais e pessoais. É possível até que o torcedor se case e faça a festa no estádio, bem na beira do gramado.


Fundação Barça

O relacionamento com os governos e instituições filantrópicas e humanitárias é feito pela Fundação Barça. Os programas realizados em parceria com a Unicef já beneficiaram mais de 100 mil pessoas, em países da África e da América Latina, o Brasil incluído.


Jornais ‘Sport’ e ‘El Mundo Deportivo’

Se não bastasse ter todos os canais de Comunicação próprios, o Barcelona ainda é a principal fonte noticiosa de dois jornais esportivos da cidade. Os diários ‘Sport’ e ‘El Mundo Deportivo’ têm diversas seções e acompanham futebol e outros esportes. Mas basta uma espiada em ambos para ver que o noticiário se divide entre o Barça e o resto. Os dois jornais são ‘torcedores’ e rivalizam com as publicações que ‘defendem’ o rival Real Madrid, os cotidianos ‘Marca’ e ‘As’.


Mídia em geral


O Barcelona também ‘auxilia’ no trabalho da imprensa. O site tem uma área exclusiva, com telefones, e-mails, informações de credenciamento, banco de imagens e uma série de comunicados e relatórios oficiais. Fisicamente, o clube oferece sala de imprensa, zona mista e tribuna de imprensa.


Marcos Moura é pós-graduado em Comunicação e foi editor de esportes por dez anos em grandes veículos digitais brasileiros. Nos últimos três anos, atua em projetos corporativos, o que não o impede de acompanhar diariamente o noticiário esportivo. Só não precisa mais trabalhar final de semana sim e final de semana também. Pretende analisar as ações, boas e ruins, de Comunicação no Esporte. Comente, discorde, dê sua opinião. O espaço é para isso. Twitter: @marcosmoura21


*Material disponível em: http://www.nosdacomunicacao.com/panorama_interna.asp?panorama=421&tipo=G

Nenhum comentário: