"Em comunicação não basta focar o destino é preciso observar a ponte" Carlos Parente (Obrigado! Van Gogh)

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

“Me considero um jornalista e faço jornalismo”, diz Danilo Gentili

Izabela Vasconcelos, de São Paulo

O repórter do programa CQC, Danilo Gentili, formado em publicidade, afirmou que se considera jornalista e que usa técnicas da área no programa da TV Bandeirantes.“Me sinto um jornalista, trabalho com jornalismo. Pego a informação jornalística e a desconstruo com o humor, mas a base é o jornalismo, é a verdade que eu estou vendo”, declarou.

Gentili participou do 3° MediaOn, nesta quarta-feira (28/10) em São Paulo, ao lado dos jornalistas Altino Machado, do blog da Amazônia, Camilla Menezes, responsável pelo Twitter de Mano Menezes, e Marion Strecker, diretora de conteúdo do UOL.

O integrante do CQC foi questionado sobre seus posts polêmicos no Twitter e respondeu que não se policia no microblog. “A graça do Twitter é eu mesmo me comunicando com quem está me lendo. O dia que eu ficar me policiando no Twitter, perde a graça, não tem mais sentido pra mim. Eu sou uma pessoa como vocês”, replicou.

Acompanhado pela web por internautas do Brasil inteiro, o debate teve a participação de irreverentes twitteiros, que fizeram comentários curiosos, críticos ou de humor para e sobre os debatedores, que acompanhavam tudo pelo telão no fundo do palco. “Isso é a não-mediação. É incrível essa oportunidade”, afirmou Marion, que também twittava, aos risos.

Material do portal comunique-se, disponível em Jornal da Imprensa - 1º Caderno

O que acho disso??? Cada um se considera o que quiser...tem gente que acha que é Napoleão, mas daí a ser de verdade ...tem muita diferença.

bjus

Danielly Cabraíba

2 comentários:

RP Interativo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RP Interativo disse...

Olá...
Gostei bastante da sua postagem.
Creio que exista muitas pessoas hoje que exercem funções diferentes de sua formação, e isso é um ponto negativo para aqueles que são formados na área. Cabe aos graduados mostrarem que o diferencial.
O fato de Gentili se considerar um jornalista, não o faz tal, porém ele tem cumprido esse papel até melhor que muitos por ai, que tem formação de ensino superior.
Mas esse é um assunto que diverge opiniões e precisa ser discutido.
Abraços,